"O justo atenta para a vida dos seus animais, mas o coração dos perversos é cruel." Provérbios 12.10

quinta-feira, 5 de março de 2009

Tempestade X Bonança


Oi gente,

Hoje quem escreve é a Vivi.

Muitas coisas aconteceram nos últimos dias, meu avô paterno faleceu no último domingo, ele tinha problema no coração há muitos anos, mas nunca queremos perder né!?
Por isso tivemos dias muito difíceis.
No final das contas pelo luto tenho direito a alguns dias de licença no serviço e depois de conversar com meu pai vim para Salvador ficar com meu marido. Eu creio que Deus sempre pode transformar momentos difíceis em dias menos doloridos.

Por isso Mozart está sozinho em casa pela primeira vez. Diariamente meu irmão Lucas e minha irmã Deise vão lá trocar água, comida, limpar caixa de areia e brincar com meu filhote. Meu coração ficou apertadinho deixá-lo, mas tenho certeza que foi a melhor decisão. Viajar Floripa/Salvador é bem complicado, já fizemos isso antes e ele ficou bem tristonho. Levá-lo para a casa da minha sogra fica inviável, pois mora a 2 horas da minha casa e fico apenas alguns dias aqui, então essa foi a solução.

Amigas, como vocês fazem com os filhotes quando precisam se ausentar?

Tenham um ótimo dia.
Vivi

5 comentários:

Andrea Sassaki disse...

Eu fico com o coração na mão, pois da última vez, perdi minha poodle e nunca mais a encontrei. Estou a procura dela até hoje. Olha, meus sentimentos pela sua perda, tá?? Abraços!

Luzinha disse...

ai, como é chato quando temos que deixar os filhinhos, né? uma vez, quando fomos a praia, eu deixei Gato Sammy, Meg Ryan e o Freddy na pet duma amiga. na volta, quando fui buscá-los, os gatos estavam muito assustados. o Freddy, acho que por ser velhinho, leva tudo numa boa. não se incomodou. me disseram que o Sammy não quis comer, que queria morder as pessoas que cuidavam dele, e o apelidaram de "gato malvado". da Meg não me disseram nada, mas a Meg também leva tudo numa boa, eu acho. o Gato Sammy é um doce de gatinho. nem mosca ele pega. gato malvado? claro que não! nunca mais pus nem os pés na pet. mudei. nesta que eles vão aogra - os gatos só na vet, mas o Freddy fica durante a semana -, elas tem um sistema diferente. uma das donas vai na casa da pessoa cuidar dos bichinhos para evitar que eles sofram e se estressem. então, agora, eu viajo tranquila porque sei que ela vem aqui todos os dias, cuida dos gatos, da água, da comida e ainda, por tabela, dá uma olhadinha no ap! simples assim!

o Mozart está cada vez mais lindo, Vivi! bjus prá ti e prá ele!

Claudinha disse...

Meus sentimentos pela sua perda!

Olha, quando eu estava em São Carlos, tinha uma vet ótima, que hospedava os Ticos... tratava muito bem.... mas memso assim eles ficam um pouco stressados ...já aqui quando precisei viajar pedia a uma amiga para vir e dar comida e tal ... acho que eum casa eles ficam melhor.... mas que a gente fica com o coração apertado, a gente fica!!!!

bjos

c4turday disse...

Sinto muito pelo seu avô..

Geralmente quando eu viajo em epocas comemorativas e não posso levar os bebes, eles ficam num hotelzinho na clinica, mas quando passo final de semana na casa dos meus avós ou viagens de urgencia, os deixo em casa, e minha vizinha vem olha-los e trocar água, comida e areia mas mesmo assim fico muito nervosa e com medo D: por mim eu levava todos nam inha mochila!

beijos!

Tamara L. Allgäuer de Melo. disse...

lAMENTO SUA PERDA...
O tempo cura tudo.
Fique com Deus.
Abraço demorado.
Tamara - CAFÉ COM GATO.
Ah! Lindo seu blog!